Melhores Empresas para Trabalhar – OKE TILLNER Perfis

Surpresas ao ar livre

Apostada em reter os seus colaboradores, a unidade industrial de Abrantes investe no bem-estar das suas pessoas, oferecendo-lhe diversos mimos ao longo do ano

in Revista EXAME, texto por Helena C. Peralta, Novembro 2019


“Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, mas sim por uma equipa.” A citação, atribuída a Steve Jobs, o falecido fundador da Apple, está escrita à entrada da unidade industrial OKE Tillner-Perfis, para relembrar diariamente a quem entra que todos são peças fundamentais nesta engrenagem a que chamam empresa. Sónia Ferreira, diretora-executiva da filial do grupo alemão OKE, que detém 16 empresas em todo o mundo e cerca de 2100 trabalhadores, está empenhada em investir continuamente na melhoria do clima organizacional, procurando manter em alta o grau de compromisso da equipa. Esta multinacional, que se instalou em Abrantes no ano 2000, produz componentes técnicos especializados para a indústria automóvel, eletrónica e mobiliário, sendo que a unidade portuguesa fabrica perfis e peças de plástico destinadas à casa-mãe.

Instalada numa das zonas mais quentes do País, no distrito de Santarém, seria um desperdício não aproveitar o bom tempo ao ar livre. Foi por isso que a direção avançou, este ano, com a criação de um espaço de lazer exterior, com mesa de madeira, sofás e pufes, onde a equipa, de 69 pessoas, pode relaxar nas horas de pausa, no almoço ou entre turnos. “Este verão fizemos naquele espaço um evento-surpresa muito apreciado. Trouxemos um food truck e durante o decorrer do dia todos os trabalhadores puderam desfrutar de hambúrgueres, crepes, baguetes, ao ar livre”, recorda Sónia Ferreira. Nesse mesmo local foi ainda promovido um workshop de alimentação saudável, no qual foram abordados temas como: o que é uma dieta saudável, como construir uma refeição sustentável, a pirâmide alimentar, entre outros.

PROMOVER A SAÚDE E A SUSTENTABILIDADE

Esta vertente pedagógica é, aliás, uma das apostas da empresa, que já promove há algum tempo a saúde e a sustentabilidade, através de semanas e dias temáticos. No Dia da Vitamina são servidos, gratuitamente, na copa, sumos naturais à escolha; no Dia da Fruta, há fruta disponível para todos; no Dia da Pizza, todos usufruem deste alimento, tal como acontece no Dia da Sopa e noutros idênticos. Além disso, há pão, manteiga, compota, chás e café disponíveis diariamente. Nas semanas temáticas já foi abordada a saúde, com terapia do riso, e este ano foi ainda desenvolvida a Semana EkoCriativa e a Semana da Qualidade. Ao abrigo da primeira, os colaboradores participaram num concurso de criatividade em que tinha de se recriar o logótipo da OKE da forma mais original possível.

Esta unidade industrial é também reconhecida por dar oportunidades de carreira aos seus colaboradores. Quando há necessidade de recrutar, abrem vagas internamente, comunicadas através da afixação ou da comunicação das próprias chefias, que inclusive podem detetar potenciais candidatos na sua equipa. Só contratam fora quando a vaga não conseguir ser preenchida com a “prata da casa”.

 

A AFIA dá as boas-vindas ao novo Associado: KLC Technical Plastics

A Direção da AFIA aprovou a adesão da KLC Technical Plastics

in AFIA, 08-11-2019


Fundada em 1993, a KLC especializou-se na produção de peças plásticas injetadas de valor acrescentado, com processos de acabamento cosmético e de montagem para as indústrias automóvel e eletrónica de consumo.

A KLC Technical Plastics tem sede na Marinha Grande e encontra-se certificada pelas normas IATF 16949, ISO 9001 e ISO 14001.

 

Para mais informações visite a página da KLC Technical Plastics em www.klc.pt

 

 

Prifer – Fundição e Moldoeste II recebem Prémios Exportação & Internacionalização

Os Prémios Exportação e Internacionalização, uma iniciativa NOVO BANCO e JORNAL DE NEGÓCIOS numa parceria com a IBERINFORM Portugal destinada a premiar e promover o sucesso das empresas nacionais na exportação e internacionalização da sua actividade.

in AFIA, 30-10-2019


A Prifer – Fundição, SA recebeu uma Menção Honrosa no prémio Exportação + Emprego

A Moldoeste II Indústria Plásticos recebeu uma Menção Honrosa na categoria Revelação

Estas distinções de Associados da AFIA confirmam uma vez mais a qualidade e inovação das empresas nacionais da indústria automóvel, reconhecendo a sua aposta no desenvolvimento sustentado quer das próprias organizações, quer dos seus colaboradores.

A cerimónia de atribuição dos Prémios Exportação e Internacionalização teve lugar no Hotel Montebelo Vista Alegre, Ílhavo.

 

 

A CELOPLÁS É O PRIMEIRO CASE-STUDY PORTUGUÊS DA STRATASYS

O Projeto Garra Protótipo, Projeto de Investigação Desenvolvimento e Inovação interno da Celoplás, foi o primeiro case-study português da Stratasys, que desenvolve máquinas de impressão 3D de diferentes tecnologias.

Neste projeto foi desenvolvida uma Garra Protótipo, também conhecida por mão presa,fabricada na totalidade por processos aditivos, através da tecnologia FDM. Esta tecnologia permitiu suplantar os constrangimentos das técnicas de fabrico subtrativas habituais, tornando possível fabricar uma garra 40% mais leve e compacta, num período de tempo significativamente mais curto.

A Garra desenvolvida já conta com mais de 2000 horas de trabalho em perfeitas condições, permitindo validar o potencial da tecnologia FDM da Stratasys para este tipo de aplicações industriais.

O case study pode ser consultado em https://www.stratasys.com/resources/search/case-studies/celoplas-portugal.

 

 

Portugal in 150 Seconds – Industry com novo episódio sobre o Grupo Socem

O Grupo Socem é multicultural e diversificado, tendo uma abordagem única e inovadora com os mercados e compreendendo o significado da globalização e da importância de estar presente em pontos estratégicos. Portugal, Brasil, México e China representam atualmente o valor da sua marca em todo o mundo.

in Lua Filmes / AICEP, 11-10-2019


INOVAÇÃO — DESIGN — CRIAÇÃO estão presentes no seu ADN e são estes fatores que permitem à Socem converter ideias em resultados. O Grupo Socem é e será sempre um líder ao nível de soluções de engenharia de moldes e acredita no seu lema de estar sempre um passo à frente — ONE STEP AHEAD.

Esta vertente da série tem como parceiras oficiais a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) e a Agência para a Competitividade e Inovação (IAPMEI). Ao associarem-se a este projeto a AICEP e o IAPMEI estão a apoiar e a potenciar a divulgação das empresas portuguesas, instituições ou setores retratados nos episódios produzidos.

 

Vídeo aqui.

 

 

Entrevista a Joaquim Menezes, Presidente do Grupo Iberomoldes “O DESAFIO PASSA INCONDICIONALMENTE PELA TECNOLOGIA”

“Não há dúvidas da capacidade que os portugueses têm demonstrado para encarar os desafios que a
indústria automóvel trouxe e desenvolveu em Portugal”, diz o Presidente do Grupo Iberomoldes em entrevista à revista Industrial Forum Portugal.

in Revista Portugal Forum Industrial, entrevista de Nuno Luz, 09-10-2019


Para Joaquim Menezes, “cada vez mais somos um Grupo em que o conjunto das suas empresas se complementam entre si para oferecer ao mercado um completo conjunto de serviços integrados, desde a ideia ao produto final”.

 

Continue a ler …

 

 

Novares inaugurates Arouca factory extension in Portugal to supply PSA

On October 8, Novares Group officially inaugurated the new factory extension at its Arouca manufacturing facility in Portugal.

in Automotive Purchasing and Supplychain, 08-10-2019

The ceremony was attended by French Ambassador in Portugal and Novares CEO.

The plant was extended by 1500 m2 to 3,400 m2 in total, to accommodate new state of the art machinery, which in terms of capacity, have increased from a maximum of 450 tons to 2,100 tons clamping force.

The extension allows the factory to apply the company’s standard in terms of production flows, and better serve customer PSA at all its main plants in Europe, such as Vigo and Mangualde in Portugal, Poissy in France, Trnava in Slovakia, Kenitra in Morocco and Zaragoza in Spain.

The factory produces a range of engines, interior and exterior parts for the automotive industry, including underbody covers, engine beauty covers and central consoles. Work began on the extension in September 2018 and was completed last month. The workforce will increase from the pre-extension 78 to an anticipated 100 people by the end of this year.

Speaking at the ceremony, Pierre Boulet said “The extension and the associated upgrading of the machinery brings the factory up to the best standards within Novares. It confirms both our commitment to the Arouca site and our desire to give top-class service to our customer, PSA”.

 

 

Teijin completes acquisition of Czech automotive supplier

Teijin Ltd has completed the previously announced purchase of Benet Automotive s.r.o., a leading automotive composite and component supplier in the Czech Republic.

in Plastics News Europe, 02-09-2019


The materials supplier acquired Benet from Jet Investment on 30 Aug, according to a 2 Sept release.

Headquartered in Mlada Boleslav, Czech Republic, Benet is a tier one supplier of composite components to the automotive industry with three facilities in Czechia and one in Germany to serve European automotive OEMs.

The company offers advanced technologies for carbon-fibre-reinforced and glass-fibre-reinforced plastic moulding, as well as the painting and assembly of vehicles, to major carmakers, including Volkswagen, Mercedes, BMW, Audi and Skoda.

The acquisition is in line with Teijin’s ambition to grow its automotive composites business with proprietary lightweight, high-performance materials. In Europe, Teijin acquired Inapal Plásticos SA, a leading automotive-composite supplier in Portugal, in August 2018; and is installing a glass- and carbon-fibre sheet-moulding-compound (GF-SMC and CF-SMC) line in the French facility of Continental Structural Plastics, a world leader in automotive composites based in North America, acquired in January 2017.

According to the company statement announcing the acquisition, the aim is to become a ‘multi-material component supply partner of automotive OEM customers served by Teijin hubs in Europe, North America and Asia.’ Acquiring Benet, strategically located near key German and other European OEMs, will enhance Teijin’s capabilities to offer innovative automotive composite solutions that meet customers’ future needs for lightness, toughness, design flexibility, productivity and cost-effeteness. Teijin is targeting automotive composite business sales of approximately €1.7bn by 2030.

The company had 720 employees and recorded sales of €35.2mn in fiscal 2018.

 

 

Injex investe em internacionalização para crescer

A Injex, fabricante de plásticos técnicos injetados, que fornece várias marcas de automóveis, está prestes a concluir um programa de investimentos de 500 mil euros que lhe vai permitir “aumentar por quatro” as exportações.

in Jornal das Oficinas, 25-07-2019


As palavras são de José Pinheiro de Lacerda, fundador e CEO da empresa que produz mais de 50 milhões de peças de plástico injetado por ano.

Os investimentos têm vindo a ser feitos com recurso, predominantemente, a capitais próprios e com o apoio do Compete 2020, nas áreas da internacionalização e da inovação produtiva, ao abrigo do programa operacional regional Norte 2020.

Os melhoramentos mais significativos passam pela ampliação da área fabril, pela modernização e crescimento do parque de máquinas, pela digitalização do processo produtivo e pela transição do referencial normativo do sistema de gestão de qualidade.

Tendo em vista a certificação deste sistema, ainda neste ano, de acordo com as normas IATF 16949, a referência padrão adotada na indústria automóvel, setor onde operam os principais clientes da empresa. Entre eles, contam-se os Grupos VW, PSA, Renault, Jaguar Land Rover e Volvo.

“Os símbolos das marcas que identificam alguns modelos desses grandes construtores mundiais são feitos em Famalicão, com muito orgulho”, diz José Pinheiro de Lacerda, engenheiro mecânico que fundou a Injex há 16 anos.

A digitalização do processo produtivo é outra das vertentes do programa de investimentos em curso. E há já resultados visíveis: a comunicação com os clientes faz-se, hoje, unicamente por via digital; a informação interna é inteiramente eletrónica e partilhada em rede; todos os operadores podem registar qualquer evento em tempo real.

Também no armazém de produtos acabados o uso do papel foi eliminado. A preparação de cargas é assegurada por via digital e foi desenvolvido um sistema próprio de alertas para a manutenção de moldes, abarcando desde os procedimentos preventivos até à necessidade de substituições.

Para consolidar os investimentos feitos nos últimos meses, a empresa projeta adquirir uma unidade de bi-injeção de plásticos e passar a oferecer tecnologia de alto brilho na produção em série.

 

 

Maxiplás investe 13 milhões para expandir em Pombal

A Maxiplás, empresa de componentes para automóveis que serve clientes como a Bosch, a Mercedes-benz, a Porsche e a Scania, vai investir 13 milhões de euros nas respetivas instalações, com o objetivo de se renovar e crescer.

in Negócios, por Ana Batalha Oliveira, 16-07-2019


A empresa Maxiplás vai investir 13 milhões na expansão da respetiva atividade em Pombal, distrito de Leiria, lê-se no site da Câmara Municipal de Pombal.

As obras de expansão da empresa arrancaram no início de julho e espera-se que estejam concluídas até maio de 2020, de acordo com o comunicado pelo administrador do grupo SOCEM, Luís Febra, à data do lançamento da primeira pedra, no passado dia 9 de julho.

O plano passa por ampliar as instalações para o dobro da dimensão atual, pela construção de um armazém que quer incluir práticas mais modernas de logística e, finalmente, pela renovação da tecnologia de produção.

A Maxiplás é especializada no processamento de termoplásticos de engenharia, focada na indústria automóvel e eletrónica e microeletrónica, e está inserida no grupo SOCEM. Os principais clientes são a Bosch, a Mercedes-benz, a Porsche e a Scania.

Atualmente, a Maxiplás emprega 100 pessoas e apresenta um volume de negócios de cerca 12 milhões de euros, sendo que prevê duplicar o seu valor até 2025.