Skip to main content

Monção ganha fábrica de componentes para automóveis num investimento de 3 milhões

A Sergalpo Portugal vai instalar uma unidade de produção de componentes para a indústria automóvel no Polo Industrial da Lagoa, em Monção. O projeto deverá criar 100 postos de trabalho.

in Negócios, 28-04-2021


A Sergalpo Portugal comprou um terreno de 20 mil metros quadrados no Polo Industrial da Lagoa, em Monção, para instalar uma unidade industrial para produzir componentes interiores para automóveis. A escritura de compra e venda do lote de terreno foi esta quarta-feira assinada pela Câmara Municipal de Monção e pelo gerente da empresa, Aurélio Dieguez Garcia, indica a autarquia em comunicado.

O projeto prevê a instalação de uma fábrica com uma área de 10 mil metros quadrados onde serão produzidos “componentes interiores para veículos de alta gama” de marcas que incluem a Mercedes, BMW, Jaguar, Ford e Volkswagen.

O investimento deverá ser “próximo de 3 milhões de euros”, estima Aurélio Dieguez Garcia, e visa o aumento da capacidade de produção e armazenamento, por forma a sustentar a expansão das vendas.

A empresa, que atualmente emprega 200 pessoas, estima ainda que serão criados 100 novos postos de trabalho, dos quais “20 qualificados e 5 superiores”.

Segundo o comunicado no site da autarquia, “a escolha de Monção deve-se à sua situação geográfica, junto à fronteira com a Galiza, bem como às condições logísticas e funcionais oferecidas pela estrutura empresarial”.

A fábrica deverá entrar em funcionamento ainda este ano.

O presidente da Câmara de Monção, António Barbosa, considera que este investimento é “uma boa noticia para Monção” revelando “a capacidade de atração do nosso território” e “a vontade dos empresários em se instalarem no concelho”, potenciando, em paralelo, “o crescimento da economia local e o aumento dos postos de trabalho”.

Com o Polo Industrial da Lagoa preenchido, o município de Monção, “lançou a Zona Empresarial Responsável do Alto Minho (ZERAM), situada em Messegães e com uma área superior 60.000 m2. “A obra avança a breve prazo, prevendo-se que esteja concluída em 2022”, conclui o comunicado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.