Skip to main content

KWD Portugal em Palmela investe 13 milhões de euros e cria 100 postos de trabalho

A KWD Portugal em Palmela conseguiu duplicar a produção. Produz agora anualmente sub-conjuntos para 500.000 viaturas para a Volkswagen Autoeuropa, Volkswagen Osnabrück, Seat Autoeuropa, Ford Valencia e Mercedes Vitoria. Este é o resultado de um investimento de 13 milhões de euros feito ao longo dos últimos 18 meses. Comprou 58 robots para soldadura e manuseamento de peças e contratou 100 colaboradores. Hoje, a fábrica de Palmela emprega 240 pessoas. É uma das sete da KWD, fabricante mundial de componentes automóveis. A KWD assume toda a produção do grupo Schnellecke, um dos líderes mundiais em logística e produção para a indústria automóvel.

in KWD Portugal, 18-06-2019


O investimento do último ano e meio contribuiu para uma maior automatização do processo produtivo graças aos 58 novos equipamentos de manuseamento e soldadura. Ao mesmo tempo, o incremento de processos automatizados face aos processos manuais exigiu um aumento da qualificação dos colaboradores e a aplicação de novas estratégias de organização da produção. Desta forma, a KWD Portugal conseguiu tornar o processo mais eficiente e elevar os níveis de qualidade.

Os 100 postos de trabalho criados distribuem-se pelas áreas operativas: Área de Produção – alimentação da linha de produção, Área de Manutenção – programação e manutenção dos robots, Área de Qualidade – medição e validação de parâmetros das peças de acordo com requisitos dos clientes. A KWD Palmela fornece atualmente conjuntos de peças para os seguintes modelos automóveis: Volkswagen T-Roc, Volkswagen Sharan e Seat Alhambra, Mercedes-Benz Vito e Viano, Ford Transit Connect e o novo Volkswagen T-Roc Breeze. Este último modelo vai ser lançado em breve no mercado.

Ao leme da KWD Palmela estão Roberto Lanaspa e Humberto Dores. Assumiram como objetivo da KWD «sermos a divisão mais bem-sucedida do grupo Schnellecke e passar de uma faturação de 400 milhões em 2017 para 800 milhões de euros até 2025», recorda Humberto Dores. Roberto Lanaspa sublinha a aposta na KWD em Palmela e reafirma a visão do grupo na «importância de explorar o grande potencial de avanço tecnológico». Assim, Palmela está em sintonia com as outras seis fábricas de Espanha, Polónia, República Checa, China e as duas da Alemanha.

Sobre o grupo KWD
A empresa tem mais de 150 anos, passou a designar-se KWD AG em 1994 e em 1998 abriu a fábrica de Espanha, em Pamplona. Em 2020, a fabrica de Palmela completa 20 anos em Portugal. A KWD AG pertence ao Grupo Schnellecke e emprega cerca de 1.500 pessoas em sete fábricas.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.