Skip to main content

John Deere distingue excelência da Aptiv

O maior fabricante mundial de tratores e máquinas agrícolas, John Deere, distinguiu a fábrica Aptiv de Castelo Branco pela excelência na qualidade dos produtos.

in Reconquista, por João Carrega, 10-09-2020


A fábrica Aptiv de Castelo Branco, especializada no fabrico de cablagens para veículos, foi distinguida pelo maior fabricante de tratores e máquinas agrícolas a nível mundial, a John Deere, pela Excelência na Qualidade dos produtos fornecidos durante três anos consecutivos.

Reconquista sabe que internamente os responsáveis da fábrica em Castelo Branco já têm conhecimento desta distinção por parte de um dos melhores clientes desta unidade industrial da Aptiv.

Este reconhecimento surge numa altura em que a fábrica de Castelo Branco juntou ao seu portfólio mais dois projetos: um dedicado ao novo carro elétrico da Maserati e outro a um veículo todo-o-terreno de uma conhecida marca mundial.

SATISFAÇÃO

Entre os trabalhadores, Francisco Matias, membro do Comité Europeu da Aptiv e dirigente do Sindicato Nacional da Indústria e Energia e da UGT Castelo Branco, confirma ter conhecimento dessa distinção e mostra-se satisfeito pois não só vem “cimentar a relação com cliente, como cria um prestigio enorme com o portfólio de possíveis clientes no futuro”.

A Aptiv está há 32 anos em Castelo Branco e está em vias de atingir os mil trabalhadores. A funcionar em três unidades (a fábrica original, agora propriedade do grupo; nas antigas instalações da fábrica Hormigo, hoje propriedade da autarquia de Castelo Branco e que estão em processo de reestruturação; e na antiga fábrica de Fernando Miguel), Aptiv produz atualmente componentes (cablagens) para a Ferrari, Maserati e Jonh Deere.

O dirigente sindical diz que “todos os trabalhadores da Aptiv estão de parabéns pelo seu desempenho no âmbito da qualidade”. Francisco Matias considera que este reconhecimento “é também uma distinção para o diretor da fábrica de Castelo Branco no seu percurso à frente desta unidade”.

 

A unidade albicastrense é uma referência mundial.
(Foto: Afonso Carrega)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.