Skip to main content

Indústria portuguesa de componentes para automóveis à procura de negócios em Madrid

A AFIA – Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel, no âmbito do acordo de colaboração para a promoção internacional da indústria portuguesa de componentes para automóveis celebrado com a AEP – Associação Empresarial de Portugal, promoveu a participação nacional nos Automotive Manufacturing Meetings Madrid.

in AFIA, 28-06-2019


Nos dias 26 e 27 de Junho, a IFEMA – Feria de Madrid acolheu a 1ª edição dos Automotive Manufacturing Meetings Madrid, um evento internacional com o objectivo de promover as relações entre todos os actores da cadeia de fornecimento da indústria automóvel, do qual participaram mais de 200 empresas, oriundas de 19 países.

O evento foi organizado pela ABE – Advanced Business Events, entidade especializada neste tipo de encontros a nível internacional, em colaboração com a SERNAUTO, associação espanhola dos fornecedores da indústria automóvel (entidade congénere da AFIA).

No dia 26 Luis Moura, Delegado da AICEP na Espanha, visitou as empresas portuguesas presentes neste certame.

A AFIA/AEP apoiam 9 empresas neste processo de angariação de novos negócios: A. HENRIQUES, EDAETECH, EPEDAL, FABOR, INCOMPOL, PRINEMO, SOPAIS, SOPLAST e a TORMETAIS.

A 2ª edição dos Automotive Manufacturing Meetings Madrid terá lugar no ano de 2021 e a AFIA/AEP já garantiram novamente a presente nacional.

Até ao final de 2019 a AFIA em colaboração com a AEP promoverá, ainda, a participação colectiva portuguesa no Salão Automóvel de Frankfurt (Alemanha), entre os dias 10 a 13 de Setembro.

A indústria de componentes automóveis muito tem contribuído para a consolidação da economia portuguesa. Até Abril de 2019 as exportações de componentes aumentaram 4% quando comparadas com o período homólogo de 2018. Estes números são bastante significativos, na medida em que no ano de 2018 as exportações de componentes automóveis atingiram o seu máximo histórico de 9,4 mil milhões de euros. A indústria de componentes automóveis é responsável por 16% das exportações portuguesas de bens transaccionáveis, ou seja, por cada 100 euros que Portugal vende ao exterior, 16 euros são componentes automóveis.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.