Skip to main content

Grupo Iberomoldes vai produzir viseiras de protecção contra a Covid-19

Universo de empresas com sede na Marinha Grande liderado por Joaquim Menezes está a trabalhar com profissionais da saúde

in Jornal de Leiria, 29-03-2020


O desafio chegou ao Grupo Iberomoldes pela voz de médicos portugueses que procuram um produto mais sólido para responder às necessidades sentidas nos hospitais à medida que alastra o número de casos de Covid-19. O universo de empresas com sede na Marinha Grande liderado por Joaquim Menezes está a trabalhar com profissionais de saúde e vai começar a produzir viseiras de protecção contra o contágio pelo novo coronavírus. Este é um projecto desenvolvido de raiz e totalmente suportado em competências internas do Grupo Iberomoldes, que fornece os maiores construtores internacionais de automóveis e também está ligado à indústria aeronáutica.

Nos últimos dias, numa lógica de cooperação, os médicos ajudaram os engenheiros do Grupo Iberomoldes a desenvolver um modelo novo de viseira que pretender ser o mais adequado e duradouro possível na missão de proteger os milhares de profissionais – não só na saúde, mas também nas polícias, protecção civil e serviço social, entre outros exemplos – que continuam a trabalhar na primeira linha de luta contra a doença. E que se encontram mais expostos ao risco de contágio pelo novo coronavírus.

O projecto do Grupo Iberomoldes já tem protótipos e está agora na fase de desenvolvimento de moldes, a que vai seguir-se a injecção dos componentes em plástico, ou seja, o produto final, numa abordagem que segue todas as etapas típicas de um processo de industrialização.

Na quinta-feira, foi conhecido outro esforço de empresas de Leiria e Marinha Grande, em colaboração com o Politécnico de Leiria, também com o objectivo de produzir viseiras de protecção no contexto da Covid-19. Leia aqui: “Arranca a produção em massa de viseiras contra a Covid-19, numa aliança entre Politécnico e empresas de Leiria e Marinha Grande”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.