Skip to main content

Exportações Do Setor Metalúrgico E Metalomecânico Com Melhor Ano De Sempre Em 2014

As exportações no setor metalúrgico e metalomecânico voltam a subir, face ao período homólogo anterior. No mês de novembro, verificou-se um crescimento de 10,5%, quando comparado com o mesmo mês de 2013, atingindo os cerca de 1.190 milhões de euros.

in Oje, 29-01-2015

“Mais uma vez, comprova-se que o setor metalúrgico e metalomecânico está em crescente desenvolvimento e ascensão, reafirmando-se como pilar fundamental para o progresso e inovação nacional. As vendas para o exterior do setor continuam a representar uma enorme fatia das exportações do país, com a Europa como principal mercado recetor”, refere Rafael Campos Pereira, vice-presidente da AIMMAP (Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal).

Estes dados, segundo Rafael Campos Pereira, permitem desde já que se afirme que, antes mesmo de contabilizados os números de dezembro, o ano de 2014 seja o melhor de sempre para a indústria metalúrgica e metalomecânica nacional, evidenciando crescimentos assinaláveis em segmentos específicos como a subcontratação industrial e os produtos metálicos.

De acordo com as Estatísticas do Comércio Internacional, recolhidas pela AIMMAP, entre janeiro e novembro de 2014, o crescimento das exportações foi de, aproximadamente, 8,9%, face ao mesmo período do ano anterior, atingindo os 12.751 milhões de euros.

O mercado europeu continua a ter uma grande expressão nas exportações do setor, correspondendo a um peso relativo de 71,3%, em novembro de 2014.

Pela sua natureza, o setor metalúrgico e metalomecânico ocupa uma posição central no crescimento económico das economias modernas, dado o seu papel no desenvolvimento e difusão de novas tecnologias.

A diversidade de produtos, serviços e competências – que engloba atividades tão diferentes como a metalurgia, a cutelaria e louça metálica, máquinas e equipamentos, fabrico de peças técnicas utilizadas, por exemplo no setor automóvel, entre outros -, reforça o reconhecimento do setor metalúrgico e metalomecânico português como um dos setores mais inovadores a nível mundial contribuindo para fortalecer o papel central do sector na economia industrial portuguesa.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.