Skip to main content

Conhece a Eberspächer? É a 10.ª maior exportadora e emprega mais de 550 pessoas

O grupo alemão abriu em Tondela, há pouco mais de três anos, uma fábrica de sistemas de escape para automóveis, que arrancou com um projeto para um cliente e cerca de 50 trabalhadores. Hoje emprega mais de 550 pessoas em oito projetos e entrou no top 10 das maiores exportadoras portuguesas.

in Negócios, por Rui Neves, 19-02-2021


Tondela, 28 de setembro de 2017: o grupo germânico Eberspächer inaugurava a sua primeira fábrica de tecnologia em escape em Portugal, num terreno com mais de 11 hectares, com o edifício fabril a ocupar o equivalente a quatro campos de futebol. Desde então, nunca mais se ouviu falar desta unidade industrial.

Até que, no passado dia 10 de fevereiro, o Negócios publica o top 10 das maiores exportadoras portuguesas em 2020, segundo a lista revelada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), onde se constata uma única novidade: a entrada da Eberspächer para a décima posição do “ranking”, por troca com a Repsol Polímeros, que ficou de fora da lista.

“Em setembro de 2017 a nossa fábrica iniciou a sua produção com um projeto para um cliente e cerca de 50 trabalhadores. No final de 2020, mais de 550 colaboradores estavam dedicados ao fornecimento de produtos para oito projetos de construtores internacionais de automóveis”, revelou fonte oficial da Eberspächer ao Negócios.

Exportando o grosso da sua produção para meia dúzia de países, tem Espanha como “principal” mercado, seguindo-se o Reino Unido e a França, vendendo ainda sistemas de escape para “o Norte de África” (leia-se Marrocos). Por ora, não foi possível saber o valor das receitas que a fábrica portuguesa da Eberspächer gera, pois o grupo “não reporta o volume de faturação especificamente por empresa”, explicou a mesma responsável.

2,5 milhões de componentes, um a cada 30 segundos

Já em termos quantitativos, a fábrica de Tondela “atingiu uma capacidade de produção anual de 2,5 milhões de componentes do sistema de exaustão”, o que equivale a produzir “um conversor catalítico nas linhas de produção automáticas e altamente flexíveis a cada 30 segundos em plena capacidade”.

No atípico ano de 2020, com a primeira vaga da pandemia e a interrupção da atividade na indústria automóvel, a Eberspächer de Tondela “teve que interromper a sua produção durante várias semanas”, tendo depois reiniciado
“com pedidos muito voláteis por parte dos clientes” .

De março a maio, registou “uma redução superior a 50% dos pedidos neste período”, tendo retomado “a recuperação ao longo de junho, encerrando o ano com uma redução significativa de volume em relação ao previsto” para o exercício de 2020, admitiu a mesma fonte da empresa.

Querendo “ser otimistas em relação ao impacto económico da pandemia”, a Eberspächer de Tondela está já a preparar-se para “o lançamento de novos produtos capazes de responder às futuras regulamentações europeias” sobre emissões de CO2, “sabendo que temos capacidade para expandir e crescer ainda mais, dependendo também da evolução da indústria automóvel”, ressalvou.

Com o pé sempre no acelerador na criação de postos de trabalho em Tondela, nestes pouco mais de três anos de atividade em Portugal, agora, tanto mais em tempos de pandemia, o “principal objetivo” da empresa passa por “estabilizar e consolidar” os seus “níveis de produção e desempenho, também ao nível do número de colaboradores”.

“Crescemos constantemente com sucesso” para o top 10

De resto, “a entrada da empresa no top 10 das maiores exportadoras portuguesas honra o nosso esforço diário, inspirando os nossos clientes com produtos de alta qualidade para uma mobilidade limpa a partir da nossa fábrica em Tondela”, enfatizou a mesma fonte oficial da Eberspächer.

“Prova também que a nossa decisão no outono de 2016, de investir e construir uma nova fábrica de tecnologia de exaustão em Portugal, foi correta. Desde a inauguração, em setembro de 2017, crescemos constantemente com sucesso”, rematou.

O grupo Eberspächer, que está sediado em Esslingen am Neckar, perto de Estugarda, é um dos líderes mundiais de mercado no desenvolvimento e fornecimento de tecnologia de escape, aquecimento para veículos e sistemas de ar condicionado para autocarros, empregando aproximadamente 10 mil pessoas em 29 países, tendo fechado 2019 com uma faturação próxima dos cinco mil milhões de euros.


  • 11 HECTARES
    • A Eberspächer abriu em setembro de 2017 a sua fábrica em Tondela, num terreno com mais de 11 hectares.
  • 6 EXPORTAÇÕES
    • Espanha é o principal mercado da fábrica de Tondela, que exporta o grosso da produção para seis países.

 

A alemã Eberspächer tem em Tondela uma fábrica de tecnologia em escape, inaugurada em setembro de 2017.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.