Skip to main content

Coindu produz capas de assentos para os segmentos mais altos do sector automóvel

Com mais de 30 anos de atividade, a Coindu, empresa com origem e sede em Portugal. produz capas de assentos para os segmentos premium e de luxo do sector automóvel. A partir de junho próximo, irá passar a fornecer também um dos principais fabricantes de veículos elétricos mundiais

in Exame, Especial Região Norte | Casos de Sucesso, Abril 2021


 

A Coindu nasceu em 1988. em Famalicão, pela mão de três empreendedores, dois portugueses e um alemão. Mas foi só em 1992 que iniciou a sua atividade na indústria automóvel, com a produção de capas de assentos. Atualmente tem mais de seis mil funcionários em todo o mundo e é conhecida, entre as principais marcas, pela qualidade dos seus produtos e flexibilidade do seu processo de fabricação.

Em 2001, a Coindu abriu uma segunda unidade produtiva em Arcos de Valdevez. Já no segundo milénio, criou uma nova unidade industrial em Curtici, na Roménia, em 2005, seguida dos centros de desenvolvimento de produto na Alemanha, em 2011 e de mais uma unidade fabril em Tetla, no México, em 2015, para estar mais próxima dos seus clientes do continente americano. Em 2016, o grupo adquiriu a maioria do capital da Hewa Leder, empresa de curtumes familiar alemã, um dos principais fornecedores internacionais de couro de qualidade superior, que realiza todo o processo de produção desta matéria-prima usada na produção de assentos.

INVESTIMENTO TECNOLOGIA

A partir de 2019, após a mudança da estrutura acionista e de administração, a empresa reforçou a estratégia de investimento em tecnologia, excelência e digitalização de processo, desenvolvida no Centro de Competência Tecnológica do grupo, em Famalicão, que originou o atual sistema de produção da empresa (CPS Coindu Production System), comum a todo o grupo. “Todas as fábricas do grupo trabalham hoje sob um padrão universal, com total integração digital de processos, o que significa o mesmo nível de desempenho elevado independentemente da localização, cultura ou produto”, explica Antonio Cândido, presidente do conselho de administração da Coindu. S. A. “Em 2020 abrimos uma nova unidade na China, onde temos já, pela mão do novo acionista, uma das fábricas de pele mais evoluídas a nível mundial, conta António Cândido acrescentando que durante este ano também foi adquirida a marca alemã de carteiras BREE, “cuja produção está a ser integrada na Coindu em Portugal, isto a par como segmento de mobilidade”.

As capas de assento constituem, hoje, a primeira grande experiência de interação com o automóvel quando se entra para o seu interior. “Este facto tem contribuído para a Coindu orientar a sua visão no sentido de elevar o nível do produto à máxima expressão, conjugando materiais técnicos com processos altamente tecnológicos”, diz António Cândido.

MELHORIA DE COMPETÊNCIAS

Em contracorrente com a tendência generalizada deste sector da economia, que gerou um fluxo de deslocalização de Portugal para os mercados do Norte de Africa e Leste Europeu, em busca de custos de mão de obra mais barata para a produção de vestuário, calçado e acessórios para automóvel. A Coindu decidiu manter a sua atividade nas mesmas localizações, regenerando processos e melhorando as competências das suas pessoas, “que anulam a vantagem de países de mâo de obra de baixo custo”, defende António Cândido.

A digitalização dos processos e o empoderamento dos seus recursos têm contribuído para melhorar a capacidade competitiva da Coindu no mercado global. Um programa de inovação agressivo e diferenciado permitiu ao grupo converter uma atividade 100% manual, num processo equilibrado de integração humana com comando e controlo digital, onde todas as atividades satélites e de logística interna coexistem de forma autónoma. “As vantagens são claras”, defende António Cândido, explicando que isso acontece, “não só pelo incremento da eficiência operacional para valores nunca antes registados, mas também pela grande redução de stocks, um nível distinto de qualidade no cliente e uma flexibilidade de reação ao mercado, alinhada com a volatilidade das condições atuais de negócio”.

POR MEDIDA E A PEDIDO

A pandemia foi a grande prova de fogo para o grupo. Nesse período, “os volumes pedidos flutuaram entre 0%e 170% em relação a produtos para os quais necessitávamos de meses de formação e preparação, com uma elevadíssima dependência de conhecimento individual”, informa António Cândido. Os investimentos feitos contribuíram, no entanto, para transformar o processo em “algo extremamente simples, o que contribuiu para a empresa responder de forma muito positiva às solicitações dos clientes, apesar do absentismo gerado pelas condicionantes resultantes da pandemia de covid-19.

Hoje, a empresa continua a produzir com o mesmo nível de eficiência e qualidade, respondendo a solicitações tão variadas como as dos veículos feitos a pedido e sob medida até às grandes séries. “O portefólio de clientes da Coindu inclui os segmentos premium e de luxo das principais marcas britânicas e alemãs do mercado automóvel”. revela António Cândido. “Recentemente, fruto da oferta de um processo ainda único, com integração digital, acabámos de ser nomeados para fornecer a maior marca de veículos elétricos do mercado, com produção em Portugal a partir de junho.” A Coindu tem atualmente uma capacidade tecnológica que abrange a produção de pele e de novos materiais técnicos e a manufatura de produtos de elevado valor agregado, associados às áreas de lifestyle e mobilidade.

“O grande investimento no made in Portugal, a resiliência da atividade no país e o elevado nível dos nossos processos e pessoas contribuem para a nossa empresa se distinguir como referência na fabricação de produtos singulares de qualidade elevada”, defende António Cândido, salientando ainda que a Coindu produz “para clientes cujo objetivo é promover experiências de excelência, únicas, na utilização das funções que integramos”.

Marcus Teschner, CFO do Grupo Coindu, e António Cândido, COO do Grupo Coindu e presidente do conselho de administração da Coindu, S.A.

 

https://coindu.com/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.