Skip to main content

Catraport e a Inspeção Disinfection Monitored – Cleaning Checked

A Inspeção Disinfection Monitored – Cleaning Checked foi desenvolvida pela SGS e trata-se de uma inspeção voluntária para que a retoma do Pós-COVID seja o mais segura e eficiente possível, e é focada na segurança das equipas de limpeza, limpeza, desinfeção e stock de produtos, inspeção de infraestruturas, funcionamento da organização, bem como o controlo dos locais de trabalho.

in Catraport, 06-08-2020


Existem seis critérios obrigatórios que têm que ser cumpridos para a atribuição da marca, dos quais cinco são critérios de gestão do processo de ocupação dos espaços e cada um deles, possui uma pontuação variável. Cada sub-critério, possui igualmente uma pontuação que permite uma atribuição do nível de risco/marca.

Catraport alcançou a seguinte pontuação:

A preparação da auditoria foi uma oportunidade para revisar e melhorar áreas importantes para a saúde dos colaboradores, como a gestão de diferentes horários de entrada na fábrica, distanciamento social, comunicação e limpeza de áreas comuns.

Por exemplo, foi identificado o número máximo de pessoas para todas as áreas comuns:

Foram colocados dispensadores automáticos (sem contato) com solução desinfetante (alcool-gel) a ser usada para desinfetar as mãos em vários pontos críticos na Fábrica (entrada principal, cantina, área de produção (prensas, embalamento, assemblagem, lavagem, armazém):

Foi implementado um sistema para controlar o acesso de todos os funcionários e visitantes na Fábrica com um sistema de reconhecimento facial e controle de temperatura:

Encontra-se em execução um sistema 6S para limpar os espaços comuns várias vezes ao dia, feitas diretamente pelos funcionários:

Durante a auditoria, tivemos uma excelente oportunidade para aprender sobre as melhores práticas implementadas em outras empresas e avaliar oportunidades adicionais para a melhoria contínua:

  1. sistema de cores nos panos pela empresa de limpeza.
    Constatou-se que não são usados panos com cores diferentes nas diversas áreas. Há um documento com o código de cores “Nível de risco” usado pelos colaboradores internos. Devem fazer cumprir esse código de cores, em fase de implementação pela equipa externa. Enquanto não está completamente implementado, aconselha-se o uso de material descartável.
  2. Nos escritórios o reforço é ainda efetuado recorrendo a toalhitas desinfetantes.
    Recomenda-se a disponibilização de desinfetante e papel descartável na limpeza.

 

https://www.p-cautomotive.com/en/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.