Skip to main content

Canter eléctrico reduz custo das empresas com frotas

Os oito camiões Mitsubishi Fuso Canter E-Cell foram testados durante um ano em Portugal. Nove protótipos foram fabricados em Portugal, na fábrica do Tramagal.

in Diário Económico, por Sara Piteira Mota, 30-06-2015

Os protótipos da Mitsubishi Fuso Canter E-Cell 100% eléctricos que andaram a circular por Portugal, durante um ano, permitiram concluir que as empresas podem ter poupanças anuais de cerca de mil euros por cada dez mil quilómetros realizados caso utilizem veículos eléctricos nas suas frotas em vez de viaturas a diesel.

No projecto-piloto Canter E-Cell estiveram envolvidos os CTT, REN, Transporta, as câmaras municipais de Abrantes, Lisboa e Porto, Empresa de Ambiente de Cascais, Parques de Sintra-Monte da Lua que testaram os protótipos em condições de trabalho reais.

Dos dez protótipos da Mitsubishi Fuso Canter E-Cell até agora fabricados em todo o mundo, nove foram produzidos em Portugal, na fábrica do Tramagal, com o apoio do IAPMEI, através do Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico do QREN. O projecto envolveu um “investimento elegível de 6,1 milhões euros o que corresponde a um incentivo FEDER de um milhão de euros”, segundo informação do programa COMPETE .

Ontem, num evento em Lisboa que encerrou um ano de testes com a Canter E-Cell, Marc Llistosella, presidente e CEO da Mitsubishi Fuso Truck and Bus Corporation (MFTBC), disse que “o projecto Fuso Canter E-Cell é um grande exemplo de inovação e colaboração entre o Governo português, as suas agências, a Mitsubishi Fuso e a Daimler Trucks”.

O presidente da MFTBC sublinhou ainda que “os resultados dos testes provam que estamos no caminho certo. Os clientes que participaram no teste tiveram a experiência de que a Canter E-Cell tem um conceito eficiente e confiável, indo ao encontro das necessidades dos transportes de entrega urbana”.

Projecto com resultados positivos

O novo modelo 100% eléctrico do popular camião ligeiro nipónico – Canter – tem uma capacidade de carga de duas toneladas.

As capacidades destes veículos de tracção eléctrica foram postas à prova sob as mais variadas condições, dependendo do da actividade de cada empresa envolvida no projecto. Por exemplo, a REN utilizou a Canter E-Cell para transporte dentro das suas instalações industriais de armazenamento de gás situadas em Sines e Pombal.Os CTT fizeram os transportes entre os seus centros de distribuição nas cidades de Lisboa e Coimbra. Já a empresa Transporta utilizou o veículo para entregas ao domicílio como parte do seu serviço de entregas de curto raio de acção.

As câmaras municipais de Abrantes, Lisboa e a Empresa de Ambiente de Cascais utilizaram a Canter E-Cell na horticultura e para eliminação de resíduos. Já a câmara portuense aproveitou para fazer a recolha de resíduos recicláveis e os Parques de Sintra-Monte da Lua fizeram a manutenção florestal.

Os veículos Fuso Canter E-Cell foram produzidos na fábrica do Tramagal, em Portugal, que ocupa uma superfície de 39.900 metros quadrados e emprega mais de 300 colaboradores. Nesta unidade industrial são produzidos os modelos Fuso Canter e a Fuso Canter Eco Hybrid, a versão híbrida da Canter. Cerca de 95% dos veículos são exportados para 30 países europeus, Israel, Marrocos e Turquia.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.