Skip to main content

AUTOEUROPA | Trabalhadores aprovaram pré-acordo laboral

O acordo estava a ser negociado desde o final de 2017.

in Público / Lusa, 01-03-2018

 https://i0.wp.com/afia.pt/wp-content/uploads/2018/03/201803012345000145.png?resize=600%2C402

 

O pré-acordo laboral na Autoeuropa foi aprovado nesta quinta-feira, pelos trabalhadores, através de um referendo, avança esta noite o Jornal de Negócios. Os termos do acordo estavam a ser negociados pela administração da fábrica da Volkswagen em palmela e representantes dos trabalhadores desde Dezembro e prevê uma subida do salário em 3,2%.

O aumento salarial terá um efeito retroactivo a Outubro de 2017. O acordo entre a administração e a comissão de trabalhadores não inclui a recompensa sobre o trabalho aos fins-de-semana, cujas negociações ainda não arrancaram, sublinha o mesmo jornal.

O acordo foi aprovado por mais de 73% dos trabalhadores, detalha a agência Lusa, citando um elemento da Comissão de Trabalhadores.

Depois da rejeição de dois pré-acordos sobre os novos horários pela grande maioria dos trabalhadores, a administração e a CT decidiram deixar para mais tarde – Abril ou Maio – as negociações sobre os horários que deverão vigorar a partir de Agosto.

Durante os próximos cinco meses deverá continuar em vigor o horário imposto por decisão administrativa da Autoeuropa, que estabelece as normas do trabalho ao sábado e respectivas contrapartidas remuneratórias, uma vez que não foi possível o entendimento sobre os novos horários para este primeiro semestre de 2018, disse a fonte da Lusa.

Nos últimos meses, a fábrica de automóveis da Autoeuropa contratou cerca de 2000 trabalhadores, tendo agora um efectivo de 5700 trabalhadores, para dar resposta ao volume de produção previsto para o novo veículo Volkswagen T-Roc, com uma produção estimada de 240.000 unidades até final deste ano.

 


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.