Skip to main content

Apoios à tesouraria, à promoção e à certificação entre as medidas mais urgentes

Caminhos possíveis O esforço que as empresas estão a fazer para resistir à quebra abrupta de encomendas deve ser acompanhado de medidas públicas, defendem os empresários ouvidos pelo JORNAL DE LEIRIA, que consideram essenciais apoios para o reforço de tesouraria, para a promoção, para certificação de novos produtos e qualificação dos recursos humanos

in Revista Moldes & Plásticos / Jornal de Leiria, por Maria Anabela Silva, 01-10-2020


Para Joaquim Menezes, presidente do Grupo Iberomoldes, os apoios à qualificação dos recursos humanos são bem-vindos, revelando que na Iber-Oleff o momento de “acalmia” de trabalho foi aproveitado, precisamente, para dar formação profissional aos colaboradores, através de uma parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Outra das áreas que, no entender de Joaquim Menezes, precisa de apoios, nomeadamente de organismos públicos e associações sectoriais, é a promoção.

“Estamos há seis meses no casulo, praticamente sem viajar e sem o contacto pessoal com os clientes, devidos aos constrangimentos impostos pela pandemia, onde se incluem o cancelamento de feiras e outros eventos de promoção. Precisamos de sair do casulo e de nos mostrar”, alega o administrador do Grupo Iberomoldes, frisando que, neste aspecto, as empresas de moldes francesas, alemãs e italianas têm vantagem, porque “os clientes são mais locais”. “Promoção, promoção e mais promoção é uma máxima que o sector precisa, como nunca, de aplicar. É importante não sermos esquecidos”, defende.

https://www.iberomoldes.pt/

 

extracto do artigo “Apoios à tesouraria, à promoção e à certificação entre as medidas mais urgentes”


Pode efetuar o download da Revista Moldes & Plásticos, ficheiro pdf

AQUI

https://drive.google.com/file/d/1j9_6F1o0mTeSlv2XmumSnJOkZu3yyzez/view

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.