Indústria portuguesa de componentes para automóveis à procura de negócios em Turim

A AFIA – Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel, no âmbito do acordo de colaboração para a promoção internacional da indústria portuguesa de componentes para automóveis celebrado com a AEP – Associação Empresarial de Portugal, promoveu a participação nacional nos Vehicle & Transportation Technology Innovation Meetings.

in AFIA, 31-03-2022


Turim, centro da indústria automóvel italiana e berço da FIAT – agora Stellantis – acolheu no OGR – pólo de inovação de Turim, 30 e 31 de março, a 2ª edição dos Vehicle & Transportation Technology Innovation Meetings, convenção internacional de negócios dedicada à inovação na indústria da mobilidade, com o objetivo de promover as relações entre todos os atores da cadeia de fornecimento desta indústria, e que reuniu mais de 300 empresas, oriundas de 23 países.

O evento foi organizado pela ABE – Advanced Business Events, entidade especializada neste tipo de encontros a nível internacional, em colaboração com a ANFIA, associação italiana da indústria automóvel (entidade congénere da AFIA).

A AFIA/AEP apoiam 3 empresas neste processo de angariação de novos negócios:

Até ao final de 2022 a AFIA em colaboração com a AEP promoverá ainda, a participação colectiva portuguesa

A pandemia da COVID-19 e os conflitos geopolíticas, mostram que é essencial uma aproximação das cadeias de abastecimento, razão pela qual se optou pela intensificação da promoção da indústria portuguesa juntos dos seus parceiros europeus.

 

 

A participação da AFIA neste evento está enquadrada no SIAC Internacionalização “PT2WM – Portugal to World Mobility”, uma iniciativa em copromoção da MOBINOV, ACAP e AFIA no âmbito do Portugal 2020, com cofinanciamento da União Europeia através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

O projeto PT2WM visa reforçar a cooperação entre as PME e outras entidades com vista a reforçar a presença internacional do sector automóvel pela captação de investimento para Portugal e pelo incremento da presença integrada ao nível internacional.